Link NFSe

Link Licitacoes

Link Legislacao

Link Transparencia

Em Destaque

Mutirão contra o Aedes aegypti

Depósitos de água irregulares, vasos e frascos com água, garrafas retornáveis; além de lixo, sucatas e ferros velhos, são alguns dos mais frequentes focos do mosquito Aedes aegypti encontrados pelos agentes de endemias, da Secretaria Municipal de Saúde, no último mutirão realizado em Jaboticatubas. Somente em dezembro, foram retiradas quase 5 toneladas deste tipo de entulho nas residências da cidade.

O problema é que a combinação de altas temperaturas com o período chuvoso é perfeita para a proliferação do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. O poder de reprodução do Aedes aegypti é enorme. O ovo do mosquito consegue sobreviver por mais de um ano, mesmo se o local onde foi depositado estiver seco, e em contato com as águas da chuva eles dão origem a novos mosquitos, enquanto que o acúmulo de água possibilita o surgimento de novos criadouros.

Este ciclo é muito perigoso e precisa ser combatido o ano inteiro através de recomendações simples, mas nessa época do ano a atenção precisa ser intensificada.

Porém, não basta que só algumas pessoas se previnam. É fundamental a união de todos para eliminarmos possíveis focos de reprodução em Jaboticatubas.

dengueo1k

mutirao

mutirao1

mutirao2

mutirao3